fbpx

CORES COMPLEMENTARES: SAIBA COMO USAR NA DECORAÇÃO

Cores complementares são aquelas que estão posicionadas em extremidades opostas do círculo cromático. Elas se caracterizam pelo forte contraste.

Sem dúvida, arquitetos e designers de interiores precisam saber usar o círculo cromático com perfeição, já que a ferramenta fornece excelentes combinações de cores harmônicas.

Mas existem alguns truques que deixam a decoração com cores complementares ainda mais sensacional. Quer descobrir quais são? Confira!

 

O que são cores complementares?

Cores complementares são aquelas que estão posicionadas em extremidades opostas do círculo cromático. Elas se caracterizam pelo forte contraste.

Nós já falamos sobre o círculo cromático aqui no blog, mas vamos relembrar rapidamente seu conceito.

O que é círculo cromático?

Círculo cromático, como o próprio nome diz, é uma representação em círculo das cores percebidas pelo olho humano. Na maioria dos casos ele é dividido em 12 partes e cada uma delas representa uma cor.

O círculo cromático de cores é composto pelas três cores primárias, três secundárias e seis terciárias.

  • Cores primárias: amarelo, vermelho e azul.
  • Cores secundárias: a mistura de duas cores primárias.
  • Cores terciárias: a mistura das cores primárias com cores secundárias.

A partir das 12 cores do círculo cromático, é possível criar uma infinidade de cores.

Uma das formas de se chegar a outras tonalidades é adicionando o preto e branco. Dessa forma, cria-se cores mais escuras ou claras, respectivamente.

Outra forma de criar outros tons é adicionando ou removendo a saturação das cores. Dominar o conhecimento sobre as cores permite criar paletas e trabalhos sensacionais, seja de decoração ou outras áreas.

E já que o assunto aqui é decoração, o círculo cromático é usado por arquitetos e designers de interiores seguindo as Leis da Harmonização, e entre elas estão as cores complementares.

Cores análogas, complementares e complementares decompostas: como identificar?

O texto de hoje é sobre cores complementares, mas como falar sobre elas sem explicar as outras leis da harmonização, não é mesmo? Vamos resumi-las:

Cores complementares

As cores complementares são aquelas que apresentam maior contraste entre si e são opostas no círculo cromático. Por exemplo: vermelho e verde.

São usadas em projetos de decoração infantil ou quando a ideia é criar um ambiente cheio de energia e personalidade.

Cores complementares decompostas

Nessa combinação do círculo cromático, também chamada de tríade, utiliza-se três cores equidistantes que formam um triângulo.

Essa lei da harmonização, assim como as cores complementares, cria um forte contraste. Mas ela permite usar mais tonalidades sem perder a harmonia na decoração.

Cores análogas

Trata-se das cores que estão lado a lado no círculo cromático, como laranja, amarelo e verde, por exemplo.

Quando falamos de círculo cromático na decoração, essa combinação serve para criar uma unidade de cor no espaço. Ao apostar nas cores frias, o ambiente fica sofisticado e formal. Já as cores quentes trazem descontração e informalidade.

Quais são as cores complementares?

Temos basicamente quatro combinações de cores complementares:

  • amarelo e roxo
  • azul e laranja
  • vermelho e verde
  • azul e vermelho

Como usar as cores complementares na decoração?

Conforme explicamos ao longo do texto, as cores complementares são marcadas pelo contraste sem perder a harmonia.

Elas trazem um equilíbrio visual e são agradáveis ao olhar. Ou seja, a decoração com cores complementares é garantia de acerto no projeto.

Existem algumas combinações clássicas de cores complementares. O amarelo e roxo, por exemplo, é usado em ambientes mais jovens, como quartos de adolescentes.

Azul e laranja também é uma combinação muito usada quando falamos de cores complementares. Trata-se do equilíbrio perfeito entre a formalidade e introspecção do tom azulado e a vitalidade do alaranjado.

Qual é o principal truque na decoração com cores complementares?

As cores complementares são indicadas tanto para projetos mais ousados como para ambientes neutros.

O segredo está onde elas serão aplicadas. Se o cliente tem um perfil mais ousado e quer um ambiente marcante, as cores complementares podem ser usadas na paredes e até no forro.

Já se o cliente não quer ousar tanto, a sugestão é criar um fundo branco ou neutro e usar as cores complementares em objetos, como no exemplo abaixo.

Fonte: https://www.vivadecora.com.br/pro/curiosidades/cores-complementares/

Fonte: https://www.vivadecora.com.br/pro/curiosidades/cores-complementares/

Veja mais novidades

Fale com a Tinbol Tintas