Saiba o melhor tipo de tinta para o que você precisa

Faça você mesmo: parede de lousa
6 de outubro de 2016
A escolha do acabamento ideal
19 de outubro de 2016

Saiba o melhor tipo de tinta para o que você precisa

Uma dúvida muito comum no momento da reforma é sobre qual a tinta adequada para cada tipo de cômodo ou ambiente. Sim, não é só escolher uma cor e pintar a parede. É muito importante conhecer o produto utilizado para não ter dor de cabeça lá na frente.

O mercado oferece diversos tipos de tintas, sendo que cada uma delas possui  especificações distintas e características próprias de aplicação. Para facilitar a vida de quem está nessa fase na construção, reforma ou decoração, resolvemos fazer um resumão com os tipos de tinta adequados para diversas situações. Veja:

Látex

A tinta do tipo látex é recomendada para uso em ambientes internos. Como ela não é  resistente às mudanças climáticas, é preferível evitá-la em áreas úmidas ou molhadas. A látex é solúvel em água, portanto bastante econômica, possui secagem rápida e é praticamente inodora.

Esmalte Sintético

Esse tipo de tinta é de alta durabilidade, deve ser diluída em solvente químico e possui um período de secagem maior. Além disso, é resistente à ação do tempo como chuva e sol, por isso indicada para áreas externas. Seu uso é mais comum em superfícies de madeira ou metal.

Esmalte à base de água

É a mesma coisa que o esmalte sintético, porém é diluído em água. Portanto, ela seca com maior rapidez e possui menos odor.

Epóxi

A epóxi é impermeável, o que torna mais fácil sua manutenção e limpeza. Com isso, ela é frequentemente utilizada em ambientes molhados como banheiros, lavanderias, piscinas etc. A tinta é usada com frequência em azulejos, porcelanatos, pisos e fibras de vidro.

Acrílica

A Acrílica é solúvel em água e impermeável. A sua vantagem é a fácil manutenção e limpeza. Ela é indicada para ambientes internos e externos e pode ser usada de uma maneira geral: como em paredes de cerâmica, gesso, alvenaria, tijolo, concreto, entre outras.

Curtiu? Agora você já sabe tudo para não errar na compra. No próximo post aqui do blog iremos falar sobre os tipos de acabamentos para as pinturas. Fique ligado!